Uma superonda atingiu a praia do Cassino, em Rio Grande, no Litoral Sul, na tarde deste sábado (14). O fenômeno raro conhecido como tsunami meteorológico arrastou veículos estacionados na faixa de areia e surpreendeu diversos banhistas.

Conforme a Somar Meteorologia, o fenômeno ocorre quando uma grande nuvem de tempestade e fortes ventos avançam rapidamente sobre o mar, formando uma grande onda que chega até a praia. No entanto, é menos devastador que um tsunami causado por abalos sísmicos (terremotos), em que o deslocamento da massa de água é maior.

Veja:

O fenômeno deste sábado, segundo a Somar, foi reforçado pelas nuvens de chuva formadas pela chegada de uma frente fria no Rio Grande do Sul, que causou ventos de mais de 60km/h no sul do estado.

Tsunamis desta natureza foram registrados recentemente duas vezes em Santa Catarina, em 16 de outubro de 2016 e em 19 de novembro de 2009. No entanto, de acordo com Lauro Calliari, professor do Instituto de Oceanografia da Furg, este fenômeno tem registros no Rio Grande do Sul desde 1977.

O Corpo de Bombeiros confirmou o evento, mas afirma que não foi notificado de nenhum caso grave e não houve feridos. O tráfego de veículos e estacionamento à beira da praia é permitido após um acordo entre a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) e a prefeitura de Rio Grande.

tsunamicassino - Tsunami meteorológico atinge praia do Rio Grande do Sul e arrasta veículos pro mar

Ademir Fábio Quinot Ströher - ( Duda Renovatio )
Pai da Sophie e do Gael Cursou Análise e Desenvolvimento de Sistemas (UDESC) e Filosofia (UFSC), juntando as duas paixões que são a tecnologia e o livre pensar. Idealizador e criador do Portal Pensador Anônimo, o qual foi projeto de TCC (Filosofia da informação) do curso de Filosofia, colocado em prática as teses do Filósofo Francês, Pierre Lévy,( Inteligência coletiva; Cibercultura; Ciberdemocracia). Que a força esteja com vocês!