Início Conhecimento Portugal entre os melhores países para mulheres trabalhadoras

Portugal entre os melhores países para mulheres trabalhadoras

Um estudo britânico publicado recentemente apontou Portugal como um dos melhores países do mundo para a mão de obra feminina, ocupando o 6º lugar no ranking. Portugal foi colocado à frente de países como Canadá, Reino Unido e Austrália considerando o ambiente de trabalho das mulheres. Como era de se esperar os países escandinavos e a Finlândia se encontram no topo do ranking, mas, de qualquer forma, a sexta posição é uma conquista para Portugal e um indicativo de seu crescente status como um ótimo lugar para trabalhar.

A entrada de Portugal no top 10 é o resultado do esforço do país para se solidificar como um excelente local de trabalho, tanto para os seus próprios cidadãos como para os estrangeiros. Seus esforços não passaram despercebidos, com a Imovirtual relatando que grande parte dos brasileiros continua a ver o país como um local com cheio de oportunidades. Os brasileiros constituem a maioria dos estrangeiros que frequentam o local, com a maior população sendo de 25 a 34 anos que procuram apartamentos nas grandes cidades de Lisboa, Braga e Porto. Atraídos pela estabilidade política e econômica e como porta de entrada para a Europa, os brasileiros continuam entre as 3 principais nacionalidades de expatriados em Portugal. De acordo com um estudo da InterNations com mais de 64 países, Portugal foi o 3º melhor país para receber expatriados, à frente do Reino Unido, Grécia e Itália.

Mas porque é que tantas pessoas procuram Portugal? Há uma infinidade de razões para o aumento da popularidade de Portugal, sendo uma das mais importantes os atraentes preços de aluguel. Apesar de ser uma importante capital europeia, Lisboa não tem os preços altíssimos vistos em cidades como Londres e Paris, fator que pesa muito para aqueles que estão se mudando de países com moedas bem mais fracas que o euro ou a libra. O baixo custo de vida e a segurança também desempenham papéis importantes, sendo Portugal também classificado como o 3º país mais seguro do mundo de acordo com o Índice Global da Paz (trazendo um grande e atraente contraste para aqueles que vem do Brasil).

Além das horas de sol e céu claro, o céu azul, a cultura incrível e a comida incrível, você tem o apoio do governo. O governo português participa ativamente no recrutamento de estrangeiros com uma série de programas que visam aliciá-los. Além de programas como o Golden Visa Scheme e o Geringonça, também ocorreram alterações recentes na lei para facilitar a obtenção da nacionalidade portuguesa, uma vez que agora o acesso à nacionalidade pode ser obtido depois de residir no país apenas 5 anos. E se seu interesse é trabalhar de home office em Portugal com sua renda vinda do exterior, o país se mostra mais do que acolhedor à essa ideia, deixando de taxar a grande maioria dos expats que recebam renda de fora mas que resolveram se estabelecer no território lusitano.

Comments

0 comments

Sair da versão mobile