Não seja alguém para ser esquecido

0
325

Por Márcio Rodrigues

Não seja. Simplesmente não seja. Não seja assim tão “tanto faz”. Não se importe tão pouco. Não beije só por ser mais um beijo. Não aceite o convite só por ser mais um convite. Não transe por transar – o faça para aproveitar. Não responda por educação, responda por querer. Porra, não seja um idiota.

Não seja alguém para ser esquecido
Não seja alguém para ser esquecido

Não seja alguém para trocar de nome no celular, tipo aquelas pessoas que entram na nossa vida e mudam tudo por um dia e depois vão embora sem avisar. Não seja alguém que ninguém vai querer se lembrar. Não seja quem planta sentimentos ruins. Não fale só o que quer como se só isso fosse o certo.

E, por favor, não seja tão óbvio.

Você sabe como é ser óbvio, então, não seja. Não seja tão previsível. Não seja visto como “mais um daqueles”. Não seja o padrão. Entenda, porém, que isso não significa que você deva saber falar dezoito idiomas e preparar catorze pratos diferentes, não é nada disso. Não ser padrão é só não só ser qualquer um, só não ser mais um; é só não tratar alguém como só mais um alguém.

Pergunte coisas que gostaria que te perguntassem. Fale sobre coisas que gosta de falar. Abra as portas do seu mundo e convide alguém para entrar. Entre devagar quando alguém te convidar, mas entre para dar vontade de ficar e saudade de voltar.

Não seja alguém para ser esquecido. Sei que ao falar esse monte de “não” posso parecer alguém te obrigando a ser quem não é, posso parecer alguém mudando quem você gosta de ser, só que não tem nada disso. Tudo isso vai além. É sobre você se lembrar que ao se envolver com alguém, não será com uma pedra, mas com alguém com coração.

E é tão mais gostoso quando somos lembrados, quando alguém diz pra gente “vi uma coisa legal esses dias, lembrei de você”, “aquele filme só me lembra você”, “impossível ouvir essa música e não lembrar de você”. É para isso que estamos nesse mundo; para colecionarmos bons momentos e transformarmos vidas normais em vidas especiais. E sabe como a gente faz isso? Quando a gente diz que gosta sem hora, quando a gente revela saudade sem data, quando a gente pede pra voltar porque sente.

Não seja alguém para ser esquecido. Não converse com alguém com os olhos no celular. Se for para falar de você, que fale de um jeito inesquecível. Seja o diretor do filme que é a sua vida.

Não dá para saber o que você vai ganhar com tudo isso, mas pelo menos você não será alguém para ser esquecido.

Os comentários não representam a opinião do Portal Pensador Anônimo