Na vida não é necessário forçar as coisas e querer obter resultados imediatos nos cenários que exigem paciência, acabará nos roubando tranquilidade e dificultará a apreciação do nosso presente.

Muitas vezes nos apegamos à ideia de estar com alguém, mesmo quando as condições não são as melhores ou as previsões não favorecem o relacionamento só porque não somos capazes de nos ajustar ao que o nosso momento presente nos traz.

A vida não está errada quando coloca em nosso caminho as pessoas que precisamos para cada fase de nossas vidas. Podemos não entender claramente por que nos deparamos com um certo tipo de pessoa, no entanto, em algum momento devemos revisar em nosso interior o que aprendemos através de cada relacionamento.

Ninguém atravessa nossas vidas por mero acaso, nem a pessoa que esteve presente apenas por curtos períodos de tempo ou até mesmo o mais intenso desgosto. Nenhuma delas fez nada diferente a não nos preparar para essa experiência especial que é encontrar a pessoa com quem deveríamos estar.

Mas não devemos nos apressar e nem devemos assumir que o que atualmente vivemos nos prepara sempre para uma experiência futura. Devemos apenas dar o melhor de nós mesmos, apostando na relação que temos no momento presente, mas sendo claro que não é necessário forçar as coisas, não para intensificar, muito menos para nos ancorarmos, porque na vida tudo deve fluir naturalmente.

Confie no processo da vida e evite a classificação, porque, ao fazê-la, estamos apenas colocando nossos medos diante da certeza de que devemos sentir que cada um de nossos relacionamentos deve ser honrado. Cada pessoa que cruza nossas vidas faz isso com um propósito.

Atraímos para nossas vidas tudo o que precisamos para nossa evolução, para a cura do que ainda nos fere, para nos reconhecer na projeção do outro e, especialmente, para colocar em prática o maior aprendizado da vida, amar e ser amado… Nunca estamos com a pessoa errada. Em cada estágio da nossa evolução somos acompanhados exatamente por quem deve estar ao nosso lado … Assim como caminharemos em solidão quando f31’or necessário, mas sem dúvida, cada um de nós terminará com quem precisa estar.


via Rincón del tibet