Início Curiosidades Mulher passa 28 anos fingindo ser cega para não cumprimentar as pessoas

Mulher passa 28 anos fingindo ser cega para não cumprimentar as pessoas

907
2
COMPARTILHAR

Você já fingiu não ver uma pessoa na rua para não ter que parar e dizer ”olá”?

Admita! Você provavelmente já usou essa pequena manobra ao menos uma vez na vida, seja por timidez, seja porque queria evitar o contato com alguém específico que te aborrece ou com quem não tem boas relações. Uma coisa, no entanto, é você fingir que não viu aquele seu ex, ou aquela sua amiga falsa; outra coisa completamente diferente seria você fingir que não vê absolutamente nada.

Mulher passa 28 anos fingindo ser cega para não cumprimentar as pessoas

Cansada de parar para cumprimentar as pessoas na rua, a espanhola Carmen Jiménez, moradora do bairro de Recoletos, em Madri, decidiu que já estava na hora de dar um basta em toda essa socialização.

Mas, Carmen levou o ”fingir que não viu” a um outro patamar.

Tudo começou há 28 anos, quando Carmen fingiu uma lesão ocular, cuja trágica consequência seria a perda total da visão.

”Foi um golpe duro para a família, mas nós sempre a apoiamos”, conta o marido de Carmen.

Após algum tempo, no entanto, a família começou a suspeitar de algo. Carmen muitas vezes parecia estar olhando para a televisão pelo canto dos olhos e constantemente aparecia bem maquiada!

Então, aos 57 anos, a espanhola finalmente revelou à família que não sofria de nenhum problema de visão e muito menos de cegueira, e que havia fingido tudo durante 28 anos, pois não gostava de cumprimentar as pessoas na rua e ir a compromissos sociais.

”Eu nunca fui uma pessoa muito social, e me fazendo de cega pude me livrar de um bocado de compromissos sociais aos quais eu não gostaria de ir”, disse Carmen ao portal espanhol Hay Noticia.

Acontece que ser antissocial não deu muito certo para Carmen. A espanhola está enfrentando problemas judiciais em seu país, pois tendo sido registrada como uma pessoa cega ela também recebia ajuda monetária do governo.

A história de Carmen parece tão absurda que alguns já desconfiam da veracidade da notícia, que circula em diversos portais, tanto da Europa quanto da América Latina. Outro caso semelhante porém, ocorreu na Austrália, quando uma senhora de 60 anos fingiu ser cega durante 21 anos para se candidatar ao programa de pensão por invalidez em seu país.

Rebecca Assie recebeu mais de 200 mil dólares em benefícios durante esses 21 anos em que fingiu sua deficiência visual, até ser descoberta após um médico atestar que sua visão era perfeita, tanto para longe como para perto.

O caso de Assie foi noticiado no portal MSN News e em emissoras de TV locais.

Outro caso curioso de fingimento de condições médicas foi o da ”Grávida de Taubaté”. A brasileira Maria Verônica Aparecida César Santos fingiu uma gravidez de quadrigêmeas e enganou não somente as pessoas próximas como também diversas emissoras de TV, das quais recebeu ajuda financeira e presentes.


Pensador Anônimo

Loading...
COMPARTILHAR
O Pensador Anônimo é um portal filosófico, que faz abordagem a todos os temas relacionados à sociedade. Assuntos como a própria filosofia, ciência, educação, política, sociologia, direito, psicologia, antropologia, religião, juventude, tecnologia e demais áreas. Além de estimular e abrir debates sobre os temas citados, também busca trazer notícias pertinentes aos assuntos. Entre em contato conosco: [email protected]

Os comentários não representam a opinião do Portal Pensador Anônimo