ConhecimentoCuriosidades

Golfinhos sentem saudade de humanos em função da quarentena e deixam presentes na areia

Os golfinhos que frequentam Tin Can Bay, um popular destino turístico na Austrália, estão sentindo “saudade” dos humanos que despareceram da localidade durante a quarentena por causa do coronavírus. Os animais, agora solitários, estão deixando “presentes” na areia para os humanos que costumavam interagir com eles e alimentá-los.

Os “presentes” são, na maioria, esponjas, garrafas plásticas cobertas de cracas e fragmentos de coral, disse um voluntário de projeto ambiental à emissora 7News.

“Nada no comportamento dos golfinhos me surpreende mais”, comentou Barry McGovern, que faz mestrado na Universidade de Queensland. “Eles fazem tudo, usam ferramentas, têm cultura, eles têm algo semelhante a nomes em assinaturas com assovios”, acrescentou o especialista em golfinhos.

Barry fez uma ressalva:

“Eles provavelmente não sentem falta dos humanos. Eles sentem falta da comida grátis e da rotina.”

Etiquetas

Redação Pensador Anônimo

O Pensador Anônimo aborda todos os temas relacionados à sociedade. Além de estimular e abrir debates sobre os temas citados, também busca trazer notícias pertinentes.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Caro leitor, a publicidade é a nossa fonte de renda para manter a estrutura física, intelectual e humana. Para continuar a leitura, por favor desativar o bloqueador de publicidade do seu navegador! Obrigado!