A foto de um morador de rua que teria morrido congelado na intensa nevasca que ataca o centro-oeste estadunidense é na verdade um registro do ano de 2013.

Claro, isso não torna o episódio menos triste, mas nos EUA a imagem vem sendo usada pelos partidários republicanos de Donald Trump para mostrar como a imigração seria um problema. Mesmo o filho do presidente, Donald Trump Jr, compartilhou a mentira, mostrando que por lá também ninguém tem procura tomar muita ciência dos possíveis fatos antes de divulgá-los.

O registro na verdade foi feito em Toronto há seis anos. Como a fotografia voltou a circular – e se isso foi planejado com má-fé desde o princípio – ninguém sabe.

Nos últimos dias o centro-oeste do país tem sido assolado por um vórtex polar que causa temperaturas de até -50ºC. Apesar da foto antiga ser o registro que mais vem chamando a atenção, já são pelo menos oito mortos nos últimos dias, número que tende a aumentar quando as ruas forem descongeladas e desabrigados forem encontrados.

Nos EUA calcula-se que dos mais de 300 milhões de habitantes, pelo menos 554 mil vivam em situação de vulnerabilidade social extrema. Ou seja, não possuam uma casa.

A fake news do momento mostra como descuidos com a apuração de informações é um problema não especificamente do espectro político. Mas mesmo nesse caso, o fato foi apropriado por autoridades para engajarem mais adeptos aos seus discursos anti-imigração.

Vale lembrar, pesquisa recente apontou que idosos são os que mais compartilham notícias falsas. O WhatsApp é um caminho comum para tal, e deve ser pressionado por autoridades jurídicas no Brasil para ajudar no rastreamento de desinformações que circularam durante as eleições presidenciais de 2018.

Não espelhe fake news. Não compactue com fake news! Pesquise sempre as fontes e denuncie quem faz uso de fake news!


OUTRAS LEITURAS


RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS





Pensador Anônimo
O Pensador Anônimo aborda todos os temas relacionados à sociedade. Além de estimular e abrir debates sobre os temas citados, também busca trazer notícias pertinentes.