Embora estejamos em 2019 e pensamos que fizemos algum tipo de progresso como sociedade, a verdade é que não é assim. A homofobia continua a existir e é muito real, tanto que em alguns países ainda está condenada àqueles que mantêm relações com pessoas do mesmo sexo ou são brutalmente espancados apenas por andarem de mãos dadas com o parceiro em público.

Em um mundo ideal, isso não impediria as pessoas de viverem o amor que desejassem, mas infelizmente não é assim tão fácil. Onde temos que colocar nossas cartas e a esperanças são nas crianças, as gerações que agora estão aprendendo e começando a viver em um mundo diferente, mais tolerante.

Assim, quando Bea Webster e Emma Webster-Mockett decidiram juntar suas vidas no ano de 2017, bem no Dia dos Namorados, elas não apenas viveram um dos dias mais especiais de suas vidas pelo fato de mostrarem a todos seu amor. Algo ainda mais especial aconteceu naquele dia, quando, enquanto elas estavam fazendo seus votos no Jardim Botânico de Glasgow e tirando as respectivas fotos, uma criança aparece com o rosto cheio de espanto: ele viu duas princesas.

“Mamãe olha para aquelas princesas”, o menino contou à mãe quando eles passaram pelo casal recém-casado.


“Criança: OLHA AQUELAS PRINCESAS!

Criança: Alguma de vocês se casou?

Emma: Nós casamos uma com a outra!

Criança: Duas princesas então?

Sua mãe: Sim, duas princesas podem se casar!”

Emma, ​​que compartilhou o momento emocional em suas redes sociais para seu segundo aniversário de casamento, disse que naquela época não era “muito confortável para mim tirar fotos em público”, mas que a reação da criança era tudo para ela.

“Eu nunca vou esquecer esse momento.”

A história se tornou viral e com bons motivos, são coisas como essas que nos permitem manter a fé.


Via UPSOCL

COMPARTILHAR

OUTRAS LEITURAS


RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS





Pensador Anônimo
O Pensador Anônimo aborda todos os temas relacionados à sociedade. Além de estimular e abrir debates sobre os temas citados, também busca trazer notícias pertinentes.