No Quénia, um cão de rua estava à procura de comida quando encontrou um bebé abandonado perto da floresta Ngong, num bairro pobre da capital de Nairobi.

Ao ver o bebé abandonado dentro de um saco plástico, o animal levou-o consigo para junto das suas crias, passando uma cerca de arame farpado.

Linet Gogany, uma mulher local, descobriu o bebé juntamente com os filhotes do cão depois dos relatos de alguns meninos.

Segundo os médicos, o bebé tinha sido abandonado pelo menos 2 dias antes do cão o ter encontrado, e com vermes no seu cordão umbilical. Felizmente, o bebé encontra-se estável, com 3,3kg, tomando antibióticos.

O Quénia é um país extremamente pobre com uma taxa elevada de abandono de bebés, muitos deles jogados em poços, e o sistema policial e de segurança social é altamente disfuncional.

“Os bebés abandonados são geralmente levados para o Hospital Nacional Kenyatta, porque é um hospital público. As pessoas estão doando fraldas e roupas de bebé para este caso incrível”, disse uma fonte próxima.

É provável que este bebé só tenha sobrevivido devido ao calor fornecido pelo cão heroico que o acolheu na sua ninhada.

Ademir Fábio Quinot Ströher - ( Duda Renovatio )
Pai da Sophie e do Gael Cursou Análise e Desenvolvimento de Sistemas (UDESC) e Filosofia (UFSC), juntando as duas paixões que são a tecnologia e o livre pensar. Idealizador e criador do Portal Pensador Anônimo, o qual foi projeto de TCC (Filosofia da informação) do curso de Filosofia, colocado em prática as teses do Filósofo Francês, Pierre Lévy,( Inteligência coletiva; Cibercultura; Ciberdemocracia). Que a força esteja com vocês!