A única girafa fêmea branca do Quênia foi abatida recentemente por caçadores na reserva ambiental de Ishaqbini Hirola, na região de Ijara, no Leste do país africano. O cadáver do animal, juntamente com o do filhote, de 7 meses, também branco, foi achado quatro dias após a morte, de acordo com guardas florestais.

“É um dia muito triste para a comunidade de Ijara e para todo o Quênia”, disse Mohammed Ahmednoor, gerente de Conservação da reserva, de acordo com o “Daily Star”. “A sua morte é um golpe nas medidas tomadas pela comunidade para conservar espécies raras e únicas e um alerta para o apoio contínuo aos esforços de conservação”, acrescentou ele.

xblog giraffe kenya.jpg.pagespeed.ic .gOWN0Usf Q - Caçadores abatem única girafa fêmea branca do Quênia

Além da perda do ponto de vista científico, a morte da girafa fêmea e a do seu filhote também representam um duro golpe ao turismo na região.