Que podemos acordar um dia e decidir “sorrir, tomar um café e lidar com isso”.

Desculpe te decepcionar, mas a ansiedade não é algo que podemos simplesmente “desligar”.

Ansiedade não é algo que eu posso escolher ter na segunda-feira, ou não ter no domingo.

Ansiedade não é uma decisão. Não é uma coisa voluntária que queremos ter em nossas vidas, dia após dia.

Não é uma escolha!

Alguns dias, estamos livres disso.

Na verdade, nós pensamos que estamos livres, e que talvez, apenas talvez, ela vá desaparecer.

Mas, de repente, quando a gente menos espera, ela aparece nos cantos mais sombrios de nossas mentes.

Ele salta na nossa frente quando estamos nos sentindo confortáveis. E isso se torna o foco uma e outra vez, sem aviso prévio.

Nós não podemos simplesmente “escolher ser feliz”. Nós não podemos simplesmente “relaxar”.

Ansiedade não tem um botão de “pausa” em nossas mentes. Depressão não tem um botão “desligar” em nossos cérebros.

E nenhum dos dois, definitivamente, têm um botão de expulsar em nossas cabeças.

Ao nos dizer para simplesmente “relaxar”, você está minimizando nossa doença.

Você está minimizando o significado que isso tem em nossas vidas diárias.

Você está dizendo que a ansiedade não é algo a levar a sério. Que não é uma verdadeira “doença”, e que não é algo para se preocupar verdadeiramente.

Você diria a alguém com uma perna quebrada para parar de reagir exageradamente e “apenas continuar andando”?

Você diria a alguém com câncer para “apenas sorrir” e “deixar acontecer”?

Acho que não.

Então, por favor:

PARE DE NOS DIZER PARA SORRIR QUANDO NÓS NÃO SABEMOS COMO.

PARE DE NOS DIZER PARA LIGAR UMA MÚSICA E ESCOLHER SER FELIZ.

PARE DE NOS DIZER QUE NOS NÃO TEMOS NADA COM QUE NOS PREOCUPAR, QUANDO ISSO É TUDO QUE NÓS SABEMOS FAZER.

PARE DE JULGAR COMO NOS SENTIMOS, QUANDO VOCÊ TEM IDEIA DO QUE ESTAMOS PASSANDO.

Você nunca vai saber como nos sentimos a menos que você um dia com nossos sapatos e um dia em nossas mentes.

Você nunca vai saber o que se passa dentro de nossos cérebros a cada segundo do dia.

Você nunca vai saber como é se sentir atormentado com uma nuvem escura que te acompanha o tempo todo.

E você nunca vai saber como é sentir medo da sua vida, estar constantemente em pânico e ser constantemente preenchido com “e se?”.

Então antes de você tentar nos fazer sentir melhor dizendo-nos para relaxar, por favor lembre-se, ansiedade é uma doença mental. Depressão é uma doença mental.

É uma doença.

Não é uma visão da vida.

Não é um “palco” do qual vamos sair.

E não é um grito de atenção.

Acredite em mim!

Se pudéssemos, nós relaxaríamos, ficaríamos de boa, pararíamos nossos pensamentos antes de entrarem em território perigoso.

Se pudéssemos, nós relaxaríamos, ficaríamos de boa, pararíamos nossos pensamentos antes de entrarem em território perigoso.

Acredite em mim, se tivéssemos a capacidade, faríamos isso o mais rápido possível.


Via: Thought Catalog, por Lauren Jarvis-Gibson.