JornalismoNotíciasNotícias Mundo

Americana empurrada de ponte fala sobre ex-amiga: ‘Ela não se importa’

Taylor Smith, de 18 anos, filmada empurrando a (então) amiga Jordan Holgerson, de 16, de uma altura de 18 metros (equivalente a um prédio de 6 andares), quando a amiga mostrou hesitação para pular, em agosto, compareceu à primeira audiência do caso nesta semana. O incidente ocorreu no parque ambiental situado em Yacolt, próximo de Portland (Oregon, EUA). O julgamento foi marcado para 11 de fevereiro. Taylor pode ser condenada a 1 ano de prisão.

Jordan esteve do lado de fora do tribunal. A jovem disse esperar que Taylor “aprenda alguma coisa” na prisão.

“Ela disse que iria assumir toda a responsabilidade. Mas está mentindo. Não acredito que ela sequer se importe. Quero justiça”, comentou.

[wpna hide='ia'] [/wpna]

Jordan teve seis costelas quebradas, perfuração em um pulmão, escoriações sobre o esôfago e ferimentos na traqueia. O quadro ainda incluiu pneumotórax.

Em sua defesa, Taylor, que se declarou inocente, afirmou que a amiga pedira para ser empurrada. A jovem disse ter tentado visitar a amiga em um hospital, mas que acabou sendo barrada. Ela também contou ter pedido desculpas “diversas vezes”. Elas não têm mais qualquer contato.

“Ela queria pular, mas estava com medo. Então ela me pediu que a empurrasse. Não pensei nas consequências. Eu só queria encorajá-la”, contou Taylor à ABC.

A versão é negada por Jordan. A jovem declarou que, inicialmente queria pular, mas acabou travando ao perceber a altura. Ela afirmou ter pedido que ninguém a empurrasse, até que Taylor entrou em ação contra a sua vontade.

“Ela estava fazendo contagem regressiva. Eu disse que não estava pronta, e, de repente, ela me empurrou”, disse Jordan.

[wpna hide='ia'] [/wpna]

Etiquetas

Redação Pensador Anônimo

O Pensador Anônimo aborda todos os temas relacionados à sociedade. Além de estimular e abrir debates sobre os temas citados, também busca trazer notícias pertinentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Caro leitor, a publicidade é a nossa fonte de renda para manter a estrutura física, intelectual e humana. Para continuar a leitura, por favor desativar o bloqueador de publicidade do seu navegador! Obrigado!