ArteConhecimento

A mágica ternura de ser PAI de uma menininha

Quando falamos em família, a primeira coisa em que pensamos é na relação entre uma mãe e seus filhos, sem perceber que esta ideia de uma mãe dedicada exclusivamente à sua ninhada é bastante ultrapassada.

Hoje em dia, muitos casais já dividem igualitariamente os cuidados com os filhos e alguns pais são até mesmo responsáveis por criar os pequenos sozinhos. Por que não dedicar a eles a mesma consideração que recebem as mamães coruja?

Em homenagem a estes pais que representam o verdadeiro significado desta palavra, a ilustradora Snezhana Soosh criou lindas aquarelas que mostram todo o amor entre um pai e sua filha pequena (sim, especialmente dedicado a meninas!). As ilustrações foram publicadas através do Instagram da artista e prometem melhorar o dia de qualquer pessoa.

Confere só:

Etiquetas

Ademir Fábio Quinot Ströher - ( Duda Renovatio )

Pai da Sophie e do Gael Cursou Análise e Desenvolvimento de Sistemas (UDESC) e Filosofia (UFSC), juntando as duas paixões que são a tecnologia e o livre pensar. Idealizador e criador do Portal Pensador Anônimo, o qual foi projeto de TCC (Filosofia da informação) do curso de Filosofia, colocado em prática as teses do Filósofo Francês, Pierre Lévy,( Inteligência coletiva; Cibercultura; Ciberdemocracia). Que a força esteja com vocês!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Caro leitor, a publicidade é a nossa fonte de renda para manter a estrutura física, intelectual e humana. Para continuar a leitura, por favor desativar o bloqueador de publicidade do seu navegador! Obrigado!