É muito fácil perder o controle de nossas emoções. É por isso que a inteligência emocional, conhecida como EI ou EQ, é tão importante.

A capacidade de identificar emoções (em si mesmo ou nos outros), compreender seu efeito poderoso, e usar essa informação para guiar o pensamento e o comportamento, pode aumentar significativamente as chances de alcançar com sucesso seus objetivos.

Como qualquer habilidade, as habilidades de inteligência emocional são afiadas com a prática. Mas talvez você já possua um alto EQ, mesmo sem saber.

Dê uma olhada nas seguintes afirmações, e veja se elas descrevem seus comportamentos e hábitos:

1. Você pensa sobre sentimentos – MUITO

O EI começa com a reflexão. Você faz perguntas como “Por que estou me sentindo assim?” e “O que me fez (ou outra pessoa) dizer ou fazer isso?”

Ao identificar emoções e reações, você se torna mais consciente e usa essa informação para a sua vantagem.

2. Você diz obrigado

É surpreendente o quão generalizada a falta de cortesia está hoje em dia.

Mas não em você. Você reconhece o poder dessa pequena palavra que pode mudar o dia de alguém e fortalecer relacionamentos – e é por isso que você sempre usa alguns momentos extras para expressar essa apreciação.

3. Você sabe quando fazer uma pausa

“A pausa” é tão simples como tomar um momento para parar e pensar antes de agir ou falar. (Fácil em teoria; difícil na prática)

Claro, ninguém é perfeito. Mas a pausa o impede te sentir constrangimento em muitas ocasiões, torna um trabalhador melhor, e ainda salva seus relacionamentos.

4. Você explora o “porquê”


Em vez de rotular as pessoas, você percebe que há razões por trás do comportamento delas.

Na tentativa de desenvolver qualidades como empatia e compaixão, você trabalha duro para ver uma situação através dos olhos de outra pessoa. Você faz perguntas como “por que esta pessoa se sente dessa maneira?” e “O que está acontecendo nos bastidores?”

5. Você é aberto a críticas

Ninguém gosta de receber feedback negativo, inclusive você.

Mas você sabe muito bem que muitas críticas contém pelo menos algum elemento verdadeiro, mesmo quando não é entregue da forma ideal. Além disso, a crítica ensina muito sobre como os outros pensam.

Então você mantém suas emoções sob controle e aprende o máximo que puder com comentários negativos.

6. Você sempre considera como os outros vão reagir

Você percebe que tudo o que diz e faz potencialmente afeta os outros. E isso significa concentrar-se não apenas sobre o que você diz, mas como você diz.

7. Você se desculpa

Você sabe que “sinto muito” podem ser as duas palavras mais difíceis de dizer no nosso idioma. Mas você também reconhece que elas são extremamente poderosas.

Ao reconhecer seus erros e pedir desculpas quando for o caso, você desenvolve qualidades como a humildade e autenticidade e naturalmente atrai outros para você.

8. Você perdoa

Enquanto você compreende que ninguém é perfeito, você aprendeu que se recusar a perdoar é como deixar uma faca numa ferida – você nunca tem a chance de se curar.

Em vez de ficar com ressentimento, você perdoa – dando ao ofensor a oportunidade de seguir em frente também.

9. Você tem um vocabulário emocional expansivo

Ao aprender a expressar seus sentimentos, você aumenta sua capacidade de compreendê-los. Quando você está triste, você vai mais fundo na tentativa de determinar o porquê: Eu estou desapontado? Frustrado? Ferido?

Ao expandir o seu “vocabulário emocional”, você obtém conhecimento e aprende a agir quando necessário.

10. Você elogia com sinceridade e especificamente

Por consistentemente procurar o bem nos outros, e depois especificamente dizer o que você gosta neles, você os inspira. Eles se sentem bem sobre como se relacionar com você e estão motivados para dar o seu melhor.

11. Você trabalha em controlar seus pensamentos

Dizem: “Você não pode impedir que um pássaro pouse em sua cabeça. mas você pode ajudá-lo a construir um ninho.”.

Quando você experimenta uma situação negativa você não pode ter controle sobre a sua resposta natural e emocional.

Mas você está no controle no que acontece a seguir: Você se concentra em seu pensamento.

Em vez de deixar ser dominado por esses sentimentos e pensar sobre o quão injusta é a situação, você pensa em algo positivo: Você desenvolve um plano para avançar.

12. Você analisa seus pontos fracos

É preciso auto-reflexão, discernimento e coragem para identificar os pontos fracos. Mas você não vai ficar melhor a menos que você trabalhe com eles.

13. Você sabe que as emoções podem ser usadas contra você

Assim como qualquer habilidade, a inteligência emocional pode ser usada tanto de forma ética quanto antiética. Quando os outros aumentam suas habilidades, eles podem usar esse poder para a influência manipuladora.

E é exatamente por isso que você deve aguçar a sua própria inteligência emocional – para se proteger quando o fazem.


Via BusinessInsider

RECOMENDAMOS


Pensador Anônimo
O Pensador Anônimo aborda todos os temas relacionados à sociedade. Além de estimular e abrir debates sobre os temas citados, também busca trazer notícias pertinentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here